27/04/2011 09:46

Não se faça de coitada (o)

      No texto anterior, a Karen comentou, e realmente, ninguém atura uma pessoa assim, do tipo que se acha vitima do mundo, quando as coisas não saem do jeito que “ela (e)” quer, ele (a) se faz de coitado(a), de vitima, e espera que os outros por pena, realizem o que querem.

     Já cansei também, das pessoas que me falam a respeito disso, reclamam de tudo, mas não fazem nada para mudar, ou para seguir um rumo diferente, esperam algum milagre, mas se parar para pensar até quando ocorrem milagres as pessoas pastaram muito, e correram atrás, logo não foi milagre, foi uma recompensa pelo esforço, confiança e motivação.

     Se fazendo de coitado(a)  você consegue apenas afastar as pessoas!!

     Ao cair levante-se, não fique no chão choramingando e se recusando a levantar, não adianta permanecer no chão esperando que as pessoas vão lhe dar carinho e atenção, no inicio sim afinal a (o) coitada (o) está sofrendo; mas depois de um tempo....

     Então caiu levanta, e pensa na forma exata para reconquistar o que foi seu, ou o que você quer...

     Se não tem alguém, não chore, não adianta esbanjar valores materiais que você conseguiu, porque quem realmente quer uma relação não vai se importar se você já foi a Europa, se você tem carro, se ganha bem, mas sim se sua presença é boa...

     Duvido que você "acha legal" a presença de alguém que só reclama de tudo, ou pior, achar que todo mundo só quer “zona” e entrar na dança, quem entra nessa são os(as) que mais sofrem, pois tem tudo rapidamente, mas depois a ficha cai e choramingam a cama vazia no dia seguinte, e ficam nessa por tempos e tempos até perceber, que o superficial cansa.

     Se seu serviço não lhe agrada, estude, vá atrás do que você gosta, se você não sabe o que gosta, pense no que gostaria de fazer o dia inteiro e claro se isso pode render dinheiro, faça testes vocacionais, tente inove, vá atrás, ficar xingando o serviço e não fazer nada pra melhorar não adianta, no máximo após alguns anos você será demitida ( o) e não terá pra onde ir, e acabará em outro serviço igual

    Não procure culpados, se algo acontece e você não faz nada pra mudar você é o(a) único(a) CULPADO(A)

    Qualquer um pode falar o que quiser, você só vai  te atingir o que você permitir, ninguém faz nada a ninguém, você sofre por que quer; evite “viajar” criar climas desagradáveis com amigos, e pessoas que te querem bem, ninguém quer roubar a felicidade de ninguém.

    Ainda mais os próximos de ti, estes nunca realizaram alguma maldade, seus amigos de verdade e familiares são os únicos que vão agüentar suas lamúrias, choros, e desespero no fim de um relacionamento ou por qualquer coisa, mas tudo tem um limite, portanto cuidado, não acuse ninguém sem ter certeza da culpa, afinal, aquele (a) que mais te ajuda e sempre esteve ao seu lado, pode ficar muito magoado ( a ), e a amizade, relacionamento com essa pessoa nunca mais será a mesma, e ao invés de perder uma pessoa, perderá duas ou mais, pois todos que perceberem alguma injustiça, vão evitar falar contigo, com medo de ser a próxima vitima; e também se você ficar sempre pra baixo, lamentando-se da solidão, ninguém terá paciencia para se aproximar e tentar um relacionamento, porque pessimismo não atrai, apenas afasta....
   

     Se cair se levante. Nada é impossível pra quem acredita e não se deixa cegar a toa, vá atrás do que você quer, se prepare e prossiga, seja no amor, no trabalho, seja onde for.


Abaixo um vídeo pra inspirar...
 

   
  Luciano Mello

—————

Voltar


Tópico: Não se faça de coitada ( o)

Nenhum comentário foi encontrado.





Contato

Doisladosdoamor